Fale com terapeuta online
Olá! Clique em uma das opções abaixo e nós retornaremos o mais rápido possível.
Tratamento Voluntário

Tratamento Voluntário Tratamento para Alcoólatras



Tratamento Voluntário Tratamento para Alcoólatras



Tratamento Voluntário Tratamento para Alcoólatras



Tratamento Voluntário Tratamento para Alcoólatras



Tratamento Voluntário - Alumínio


Tratamento Voluntário Clinica de Recuperação Sorocaba Tratamento de Dependencia Quimica Tratamento para Alcoólatras
Tratamento Voluntário
  Entre em contato via WhatsApp   Entre em contato via WhatsApp Alumínio

 

TRATAMENTO VOLUNTÁRIO

O tratamento voluntário é a regra para o tratamento das pessoas que sofrem com algum tipo de dependência. Isso porque ele é um tratamento menos invasivo e que respeita o ser humano em sua individualidade. As convenções de direitos humanos em todo o mundo veem com bons olhos o fato de as pessoas terem a oportunidade de decidirem por seu próprio tratamento.

 

A CONSCIÊNCIA DE SER DEPENDENTE QUÍMICO OU ALCOOLISTA

O primeiro passo para que se inicie um processo de tratamento contra a dependência química e ou alcoólica de sucesso é que a pessoa passe a ter consciência da sua própria condição, que é a condição de dependente químico e ou alcoólico. Isso é fundamental para se dar início ao tratamento voluntário.

Claro que isso nunca é fácil porque não é uma tarefa muito simples fazer com que alguém reconheça que precisa de ajuda. Na maioria das vezes o que o dependente químico argumenta é que não está com problema algum e que consegue parar de fazer o uso da droga e ou álcool quando quiser. E ele próprio acredita nisso! Até o dia em que se depara com sua própria dependência, descobrindo que não tem mais controle sobre si próprio perante ao químico e ou álcool.

 

A AÇÃO DA FAMÍLIA NO TRATAMENTO DA DEPENDÊNCIA

A família precisa estar sempre pronta para estender a mão e ajudar o dependente. De nada adianta rotulá-lo como irresponsável e apontar-lhe o dedo, acusando-o das piores coisas que se possa imaginar. Infelizmente não é esse o caminho. A família precisa se estruturar para suportar a pressão e ajudar. É através disso que a pessoa pode chegar a sentir a necessidade de buscar ajuda e de se submeter a um tratamento especializado.

 

SENTIMENTO DE COMPANHIA

Talvez você venha de uma cultura em que o dependente químico e ou alcoolista é tratado como alguém que deve ficar à margem da sociedade, sofrendo sozinho as consequências de suas escolhas. Mas essa não é uma atitude correta em nenhum sentido. Porque quanto mais isolado o dependente se sente, mais difícil será o despertar da sua consciência de que precisa de tratamento e de ajuda.

Quando a família e a sociedade são capazes de estender a mão e ajudar, o tratamento, o despertar e sua recuperação, se torna menos complicado e tende a ser feito de maneira cooperativa.

 

TRATAMENTO DOS TRAUMAS E DESCONFORTOS FÍSICOS E PSÍQUICOS

Normalmente, para que o dependente tenha sucesso no tratamento voluntário, ele precisa de ser submetido a sessões que o levem a vencer seus traumas e males físicos e psíquicos, seja os que já existiam antes da dependência, seja os que passaram a existir depois. E por mais que isso possa parecer um clichê, a verdade é que ele precisa passar a se sentir amado e acolhido para que chegue à conclusão de que não existe um vazio dentro de si que a droga tenta preencher.

 

UM TRATAMENTO DE COOPERAÇÃO CONTRA AS DROGAS E O ÁLCOOL

Não há outra palavra que possa definir melhor essa situação. O tratamento voluntário é um tratamento de cooperação. Ele não acontece sem a anuência do dependente e nem, sem a colaboração de todos os que o cercam. Porque um dependente abandonado à própria sorte é um futuro reincidente, já que o vício se controla, mas nunca se cura.

Nossa clínica oferece toda a estrutura necessária para que o dependente, que tomou a decisão por se tratar, fique firme em seus propósitos e não se desvie deles. Nossa equipe possui maturidade e experiência para fazê-lo resolver de uma vez por todas o seu problema com as drogas e ou álcool.

Oferecemos também apoio à família, que precisa aprender a lidar com a situação de maneira serena.



BLOG: Posts Relacionados

Mais Informações








Compartilhar:

Inscreva-se para receber mais informações